Insônia crônica: posso parar de tomar remédios?

Você sofre há anos com insônia? Provavelmente utiliza medicamentos controlados e sabe que eles prejudicam o organismo. Então, uma dúvida frequente entre as pessoas que dormem mal é: posso parar de tomar remédios para a insônia crônica?

Saiba mais sobre esse problema e veja em quais casos é possível suspender o tratamento com drogas contra a insônia.

Por que a insônia crônica é perigosa?

Dificilmente uma pessoa morrerá por falta de sono. Entretanto o perigo em dormir pouco está nos problemas que esse quadro pode causar. Existem diversas doenças ou situações de risco que são ocasionadas pela insônia.

Entre as enfermidades que tornam a dificuldade para descansar um perigo então: diabetes, depressão, obesidade, baixa imunidade, alergias, constipação, envelhecimento precoce, ansiedade, aumento da pressão arterial e problemas cardíacos.

Não bastando esses casos, uma pessoa que dorme mal ainda pode provocar acidentes sérios. Ou seja, dirigir ou operar máquinas enquanto está sonolento diminui os reflexos. Com isso, não só uma vida pode ser perdida, mas várias.

Dessa forma, tomar a medicação prescrita é uma questão de saúde e também de segurança. Ao fazer isso, é possível preservar tanto a própria integridade física quanto a de todas as pessoas que estão perto do paciente.  

Posso parar de tomar remédios contra a insônia crônica?

Quando a insônia chega ao quadro crônico é muito difícil ter cura. Porém, isso não significa que a pessoa precise passar por várias noites em claro. Ao fazer a manutenção do problema para dormir ela pode ter uma vida tranquila.

Para saber se é possível parar de tomar remédios contra a insônia crônica, o paciente deve consultar o seu neurologista ou psiquiatra. Com o acompanhamento clínico e o relato do indivíduo, o profissional chegará a uma conclusão.

A insônia crônica é uma doença, reconhecida com o CID 10 – G47 pela medicina. Por isso, é fundamental utilizar os medicamentos e fazer o tratamento recomendado pelo especialista em saúde.

Então, é importante saber que uma pessoa com insônia crônica deve consultar seu médico antes de suspender a medicação. Porém, se for autorizado pelo profissional, então ela pode eliminar os remédios controlados. Contudo, deve continuar realizando outros métodos para tratar a insônia e evitar seu reaparecimento.

Qual o melhor tratamento para a insônia crônica?

O melhor tratamento contra a insônia é aquele que deixa o quadro estável. Sendo assim, as estratégias fazem efeito quando a pessoa consegue dormir e pode ter uma vida social e profissional ativa.

Existem muitas formas para tratar a falta de sono como: higiene do sono, psicoterapia, prática de atividades físicas, suplementos naturais contra a insônia, chás calmantes e os medicamentos controlados.

O ideal é combinar diversas técnicas para garantir um repouso tranquilo e revigorante para o paciente. Com isso, quem tem insônia crônica pode parar de tomar os remédios controlados, se os outros métodos surtirem o efeito desejado. Além disso, tudo deve ser feito com a orientação médica. Quer saber mais sobre as opções de tratamento natural? Então visite o site oficial de Triptopax e conheça os benefícios da suplementação natural contra a insônia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *